SELIC a 2%

Que a redução na taxa SELIC impacta diretamente os investimentos de renda fixa isso é regra, você vai rentabilizar menos, fato! Que essa redução vai deixar as linhas de crédito nos bancos mais baratas é um, “pera lá” ou um, “veja bem”.


Tenho que revelar um, porém, a taxa de empréstimo cobrada pelos bancos não é referenciada somente pela taxa básica de juros. Existem outros custos envolvidos, como o custo do banco para captar recurso no mercado, os gastos operacionais e o custo da inadimplência. É baseado na inadimplência que chegamos à relação risco x retorno, ou seja, quanto mais pessoas deixam de pagar maior o risco, mediante a isso os bancos buscam maior retorno por meio das taxas. Eu diria que uma redução na SELIC em meio à crise seria um freio, ou uma proteção contra taxas mais altas, mantendo-a no quase zero a zero.


Eu costumo falar de duas regras:


Regra número 1: Nuca pague juros aos bancos.


Regra número 2: Não esqueça da regra número 1.


Não é novidade que a inadimplência está em alta por conta do aumento do desemprego, também sabemos que milhares de empresas fecharam as portas, e por conta disso os bancos serão muito mais cuidadosos ao liberar empréstimos. A verdade, é que os bancos não vão baixar as taxas de juros em meio à incertezas e riscos de inadimplência.


Outro ponto a ser destacado é a falta de concorrência no mercado bancário, que é dominado por cinco grandes Bancos, formando um oligopólio (situação de mercado em que poucas empresas detêm o controle da maior parcela do mercado), e assim definem em comum acordo sua regra.


A chegada das fintechs poderia gerar mais competitividade, mas ainda ocupa uma fatia muito pequena do mercado. Aí você me pergunta, “Por que o governo reduz a SELIC?” Por que a redução da SELIC tem um efeito muito positivo sobre as contas públicas. Sabemos que a SELIC remunera os títulos públicos, e os títulos públicos financiam as dívidas do governo, que estão em alta com os pagamentos do auxílio emergencial e medidas de combate à crise.


Sobre Investimentos:


O que esperar do Dólar com essa redução? Alta!


O que esperar da Bolsa brasileira? Alta!


O que esperar de investimentos internacionais? Alta!


E quem de fato sai ganhando com esse movimento? Quem domina o conhecimento, quem detém do capital.


Segundo infomaney, os bancos ganham 56 vezes mais que o investidor com a SELIC a 2%, por isso muitos vão para renda variável motivados por maiores retornos.

10 visualizações

©2020 por PR7 Investidor.