Day Trade: É tudo ou nada

Atualizado: Jun 23


Day trade é uma operação arrojada na bolsa de valores, que busca resultados com compra e venda de ativos no mesmo dia. Essas operações acontecem nas corretoras e usam da alavancagem como estratégia de resultados.



Operar Day Trade é sem dúvida a modalidade de investimento mais lucrativa e mais arriscada de todo mercado financeiro. Sabe aquele trecho da música do Tiago Iorc?

“Meu coração dispara, tropeça quase para...”

São fortes as emoções!


Por exemplo: com R$ 100,00 na conta, se você tiver um dia assertivo pode ter ganhos acima de R$ 1.000,00 no dia, ou, pode perder os R$ 100,00 de cara e ainda ficar negativo na corretora.

Costumo falar que o sucesso em uma operação de day trade são: 40% emocional, 30% técnica, 30% sorte. Segundo a minha teoria, (que não tem nenhuma base confiável além da minha própria experiência errante), com esse raciocínio podemos concluir que 70% depende de você.

Mas como explicar o número que indica que 91% das pessoas que entraram no day trade têm prejuízos?

Estudo da FGV de 05 de março de 2019, “É possível viver de Day-Trading?” Revelou que 91% das pessoas que tentaram viver de day trader apresentaram prejuízo, e dos 9% que tiveram ganhos, apenas 1% tiveram rendimentos diários acima de R$ 300,00, ou seja, acima de R$ 6.000,00 bruto mês.

Além disso, existem vários relatos de pessoas que se descontrolaram, deixando-se levar pela emoção e perderam tudo. Inclusive casos de depressão e suicídio. Fica um alerta: todo cuidado é pouco!

Para gerenciar o risco de perda é muito importante o uso do mecanismo Stop Loss. Com ele você define a perda máxima em uma operação, caso os movimentos do mercado sejam contrários à sua posição. Porém, movidos pela emoção e desespero os trades negligenciam essa ferramenta, nascendo então o perigo.

Agora vamos falar daquele 1%

Infomoney 01 de abril de 2020. Desafio completo: analista soma R$ 30 mil em ganhos após 16 dias operando ao vivo.

Giba, analista de [uma famosa corretora], aceitou um desafio de operar ao vivo e conta como fez para enfrentar a turbulência do mercado em meio à crise.

SÃO PAULO – Operar ao vivo por 16 dias em frente a milhares de pessoas. Esse foi o desafio que Gilberto Coelho, analista da [famosa corretora], aceitou no início do mês de março. E, apesar de um cenário recheado de circuit breakers — mecanismo emergencial que interrompe as negociações quando a queda do Ibovespa ultrapassa determinados limites — e volatilidade no mercado, o analista, mais conhecido como Giba, conseguiu acumular mais de R$ 30 mil em ganhos.

Para Giba, consistência não significa acertar tudo, mas fechar bem o mês ou período. Todas as operações realizadas durante o desafio, segundo Giba, foram baseadas em análise técnica, prática que consiste na leitura gráfica das movimentações das ações e na elaboração de estratégias a partir dos padrões encontrados nos gráficos.

Apresentei esses dois cases a título de conhecimento. Antes de começar a operar day trade é importante conhecer as estatísticas e saber que matematicamente falando a chance de perda é muito maior, considerando a exigência do controle emocional, técnica e sorte. Para ter sucesso você precisa dominar a leitura de mercado através da análise gráfica, cruzar indicadores, conhecer padrões, acompanhar notícias, além de desenvolver ou copiar estratégias vencedoras.

Minha dica é:

Estude! Pratique! CUIDADO!


Boa sorte! =)

7 visualizações

©2020 por PR7 Investidor.